Arquivo Mensal março 2013

0

Across the universe – 2007

across

Através do universo, tudo o que precisamos é amor.

O filme Across the Universe é um musical baseado na obra dos Beatles. Leva o espectador a vivenciar o que foi a década de 60, a contracultura, a guerra, os movimentos pacifistas, a liberação sexual. Girl é a primeira música, cantada por Jude (Jim Stugess), nos leva ao inicio de sua jornada do porto inglês de Liverpool ao encontro do pai nos Estados Unidos. Após o encontro com seu progenitor, Jude conhece Max (Joe Anderson) e, através dele, sua irmã Lucy (Evan Wood) por quem se apaixona. Todos, de forma direta ou indireta, são jogados no furacão que é a participação norte-americana na guerra do Vietnam, Max é convocado e Lucy se torna uma militante pacifista. Enquanto Jude se vira como um artista em busca do seu ganha-pão...

Leia Mais
0

O cinema pensa – 2006

Livro043

Lançado em 2006, o livro O Cinema Pensa, do filósofo Julio Cabrera (UnB), é a junção, como ele mesmo confessa, de duas paixões: o cinema (que ele devorava nas tardes melancólicas de sua cidade natal, Córdoba) e a filosofia. De um encontro com o semiólogo Christian Metz, Cabrera impressionou-se com a possibilidade de ver o cinema como forma de pensamento, e, décadas mais tarde lança, originalmente na Espanha, o resultado de sua pesquisa: Cine: 100 años de Filosofia – Una Introducción a la filosofia a través del análisis de películas. Discorrendo em 14 capítulos onde relaciona pensadores como Aristóteles ao filme Ladrões de Bicicletas, Bacon a Spielberg, os empiristas a Batman e Tarantino, Heidegger a As Baleias de Agosto, entre tantas relações, Cabrera nos mostra a poss...

Leia Mais
0

Tapete vermelho – 2006

01-Tapete

Cultura, em uma de suas definições, significa cultivar o solo, e uma feliz analogia é o filme Tapete Vermelho. A película relata a saga do caipira Quinzinho (Matheus Nachtergaele) para cumprir promessa feita a seu falecido pai: levar o filho Neco (Vinícius Miranda) ao cinema para assistir a um filme de Mazzaropi, assim como seu pai havia feito com ele. Nesse périplo Quinzinho irá se deparar com uma realidade distinta da que vivenciou anteriormente. O filme rotulado por comédia perpassa em seu enredo problemas sociais como a truculência da polícia, menores abandonados, a questão do latifúndio e principalmente a aculturação. Provocar o riso é a postura filosófica do filme diante da realidade...

Leia Mais
0

Ponto de encontro – 2006

encounter-point

Na Filosofia Clínica existem dois movimentos existenciais que, em minha opinião, são fundamentais para uma boa relação entre o filósofo clínico e o partilhante: a Inversão (quando me dirijo ao meu mundo) e a Recíproca de Inversão (quando vou em direção ao mundo do outro). No filme Ponto de Encontro, é possível visualizar esses movimentos, que ocorrem de modo informal. O documentário aborda pequenos trechos de vidas de lideranças do “Fórum de Famílias Enlutadas”, formado por palestinos e israelenses que tiveram entes queridos mortos no conflito israel-palestino. 500 famílias em busca da paz entre os povos...

Leia Mais
0

Zorba, o grego – 1964

zorba

Sartre sempre falava que o homem é condenado a ser livre. O filme Zorba é uma bela mostra dos ideais existencialistas. O filme inicia com a chegada do escritor Basil (Alan Bates) à Grécia, e embarcando para Creta com a finalidade de tomar posse da herança deixada por seu pai, uma mina. Enquanto espera a embarcação conhece Aléxis Zorba (Anthony Quinn), um camponês para quem não há o certo e o errado. Quando Zorba concorda em trabalhar na mina abandonada de Basil, inicia-se um aprendizado, e uma mudança, no jovem escritor, ele gradualmente passa de observador passivo do mundo a participante, ao travar contato com uma cultura diferente da sua, diante do novo Basil se recolhe, Zorba o chama à vida...

Leia Mais
0

Munique – 2005

munique

Ao assistir o filme Munique, um dos principais pensadores que me vem à mente é Maquiavel e a sua leitura de conquista e manutenção do poder político, em “O Príncipe”. Ao separar a ética da política o pensador florentino se contrapõe à idéia vigente baseada em Aristóteles, para quem a política era uma extensão da ética, sendo as coisas vistas em termos claros, de certo e errado, justo e injusto, correto e incorreto. Para ajudar na compreensão da relação do pensamento de Maquiavel com o que é retratado na película, basta perceber que a resposta à questão não é tratada do ponto de vista ético, mas sim do ponto de vista cirúrgico, ou seja, extirpar o mal para manter o Poder...

Leia Mais
0

O idoso e o cinema – 2007

Livro059

Lançado em 2007 o livro O Idoso e o Cinema, organizado pelo prof. Luis Otávio Teles Assumpção (UCB), conta com a colaboração de doze autores que abordam a questão da velhice nos filmes. O interessante deste livro é não se prender a uma única escola cinematográfica. Há uma mescla com filmes orientais (A Balada de Narayama), franceses (Invasões Bárbaras), brasileiros (Copacabana) e bons filmes norte-americanos (Amor Além da Vida, Cocoon e Conduzindo Miss Dayse). Todos os textos têm como fio condutor a possibilidade da utilização dos filmes como recurso pedagógico na gerontologia e também – por que não? – na educação para a vida...

Leia Mais
0

Cinema e circunstância – 1965

Livro001

Título: CINEMA E CIRCUNSTÂNCIA

Autor: J. C. Ismael

Editora: Buriti

Ano: 1965

O livro pretende demonstrar ao leitor que há uma “evasão” da realidade por parte do espectador quando o mesmo está diante do filme. Visto que para este, o espetáculo cinematográfico passa a ser a única realidade que conhece. A escola do realismo é para o autor a que mais naturalmente rejeita a “evasão”, trata do ponto de vista da criação, de retratar personagens mais próximas a nós e das pessoas com as quais convivemos ou poderíamos conviver...

Leia Mais
0

Uma lição de amor – 2001

UMA_LI~1

Sam Dawson (Sean Penn) é um homem portador de deficiência mental que cria sua filha Lucy (Dakota Fanning) com uma pequena ajuda de seus amigos. Sam utiliza-se de um modo interessante para compreender o mundo em que vive, compara situações vivenciadas por ele com músicas ou fatos relacionados aos Beatles e através destas traduções torna esse mundo inteligível para si. Após um desentendimento ocorrido no aniversário de Lucy, a sociedade – através de seus representantes legais – separam pai e filha, justificando assim poder oferecer uma melhor educação para o pleno desenvolvimento da criança. A partir desse evento, Sam busca ajuda da advogada Rita Harrison (Michelle Pfeiffer), que, a contragosto, aceita ser sua defensora pública. Perceber o outro e seus limites será o aprendizado de Rita...

Leia Mais
0

Batismo de sangue – 2007

Batismo de sangue

“Batismo de Sangue”, baseado em livro homônimo de Frei Betto, narra um período da história brasileira que ainda encontra-se em penumbras. No final dos anos 60, frades dominicanos, movidos por ideais cristãos, decidem transformar seu convento em uma trincheira de resistência à ditadura militar ao darem apoio ao grupo guerrilheiro Ação Libertadora Nacional, comandado por Carlos Marighella (Marku Ribas). Os frades são descobertos, presos e torturados. Esta é a saga dos freis Tito (Caio Blat), Betto (Daniel de Oliveira), Oswaldo (Angelo Antonio), Fernando (Léo Quintão) e Ivo (Odilon Esteves). Frei Tito foi torturado para que denunciasse seus colegas, contudo, permaneceu em silêncio sem delatar ninguém; no exílio, antes de suicidar-se, escreveu em sua Bíblia “Preferível morr...

Leia Mais