Arquivo Mensal fevereiro 2014

0

TERRENCE MALICK: NO CAMINHO DA MISTIFICAÇÃO DESDE “TERRA DE NINGUÉM” ATÉ “A ARVORE DA VIDA” – PEÇA EM CINCO ATOS – I – JULIO CABRERA

CABRERABADLANDS

ATO I. Badlands (Terra de ninguém, 1973). A inocência do mal. A primeira obra de ficção de Terrence Malick, Badlands (Terra de ninguém na tradução brasileira) já mostra um fascínio pelo que, em termos filosóficos tradicionais, se pode chamar a “questão do mal”. Mas a saga de Kit (Martin Sheen) mostra uma espécie de inocência do mal espontâneo e puro, intensificado pelo relato despojado e evocativo de Holly (Sissy Spacek), a sua súbita namoradinha.

Apesar de matar pelo menos meia dúzia de pessoas (ele perde facilmente a conta), Kit não é realmente um delinqüente, um matador, um sádico, apenas um existente vazio e autêntico, profundamente apaixonado por Holly (nunca a agride, nem mesmo quando ela o deixa bravo)...

Leia Mais
0

Buster Keaton: o Rei do Riso Que Não Ria – Bemvindo Sequeira

Buster Keaton

Buster Keaton.

As novas gerações e até mesmo algumas mais velhas não o conhecem nem à sua obra.

Um dos maiores comediantes do século XX. Faleceu em primeiro de fevereiro de 1966.

Keaton foi considerado o grande rival de Chaplin. Protagonizava filmes mudos.

Porém sua principal característica é que jamais sorria nos filmes. Sempre sério era capaz das maiores tiradas de humor.

O humor nos filmes de Buster Keaton, basicamente, se fazia através das chamadas gags; corridas, quedas, fugas. Uma das grandes inovações de Keaton, no entanto, é o fato de sua comédia se basear num personagem impassível, que mantém as mesmas feições diante dos fatos ocorridos

Keaton nasceu no final do século 19 nos bastidores do vaudeville. Seus pais eram artistas deste gênero de variedades.

Entr...

Leia Mais
0

Rosemiro Sefstrom

Rosemiro Sefstrom

Formado em Filosofia pela PUC-RS
Pós-graduado em Filosofia Clínica pelo Instituto Packter/Unesc.
Especialização em Filosofia Emmanuel Lévinas pela Universidade Hebraica de Jerusalém
Pós-graduado em História do Brasil pela Pós-graduação Bagozzi
Terapeuta desde 2007
Consultor empresarial – montagem da estrutura de pensamento organizacional.
Professor da Unesc da Pós-Graduação em Filosofia Clínica
Secretário do Instituto Sul Catarinense de Filosofia Clínica
Blog: http://rosemirosefstrom.blogspot.com.br
Iniciou sua colaboração relacionando Filosofia Clínica e Cinema para o Filosofia e Cinema  no ano de 2013.

Leia Mais
0

Julio Cabrera

Colaborador Julio

Júlio Cabrera é professor da UnB, em suas palavras:
«Não consigo trabalhar docilmente em áreas já constituídas. A filosofia da lógica foi para mim um âmbito de contestação da Lógica Formal em suas pretensões de legislar sobre o sentido e validez dos discursos filosóficos. A filosofia da linguagem, uma oportunidade de contestar a hegemonia analítica nessa área e estudar a variedade de filosofias da linguagem (analíticas, hermenêuticas, meta-críticas) sempre em conflito mútuo. Minhas reflexões de Cinema e Filosofia podem ver-se como estudos sobre linguagem de imagens e criação imagética de conceitos. A ética, um domínio onde consegui desenvolver antigas intuições acerca da impossibilidade da moral, a imoralidade da procriação e uma possível moralidade do suicídio...

Leia Mais
0

Derossy Araújo

Colaborador Derossy

Crítico de cinema nos jornais «Amapá», «Nôvo Amapá» e «A Voz Católica» nas décadas de 1960 e 1970, na cidade de Macapá/AP.  Nascido em Belém, Pará, mudou-se para a capital amapaense em 1959, quando assumiu suas funções no Banco do Brasil. Nesta cidade dedicou-se também ao magistério da língua portuguesa, à Rádio Educadora São José, que contou com sua colaboração através dos programas «Um homem, uma mulher», juntamente com sua esposa Maria Lúcia Andrade da Silva, que versava sobre as relações humanas e  o «Sétima Arte», sobre o Cinema. Participou também dos eventos culturais, sendo um dos fundadores do primeiro cineclube do Território Federal do Amapá.
Em 1988 participa, juntamente com mais cinco poetas, do Projeto Clareando.
Iniciou sua colaboração c...

Leia Mais
0

Bemvindo Sequeira

Bemvindo Sequeira

” Ator, autor, produtor e diretor de teatro, cinema e televisão. Nascido em Carangola, MG e Cidadão de Salvador – Bahia. Desde 2005,é contratado da Rede Record. Atuou em mais de 40 peças teatrais e na televisão, dentre suas interpretações de sucesso estão o Bafo de Bode na novela Tieta, e o Zebedeu na novela Mandacaru.
Fundador e dirigente de Entidades Profissionais na área dos trabalhadores e de autores, possui curiosamente o Registro Profissional número 01 do Livro 01 às folhas 01, na Delegacia Regional do Trabalho – DRT BA. Ao lado de Lélia Abramo, Vanda Lacerda e Otávio Augusto, participou da elaboração da Lei 6533 que regulamentou a profissão de Artista e Técnico no Brasil. Criador do moderno Teatro de Rua no Brasil em 1977 em Salvador...

Leia Mais
0

Arilson Favareto

Arilson Favareto

Sociólogo, com licenciatura e bacharelado em ciências sociais pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUCC), concluídos em 1992, mestrado em sociologia pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), com título obtido em 2001, e doutorado em ciência ambiental pela Universidade de São Paulo (USP), em 2006.
Realizou estágio de estudos na École des Hautes Études em Sciences Sociales (EHESS/Paris), entre 2002 e 2003, e diversos trabalhos de consultoria e pesquisa financiados por organismos e instituições multilaterais como o International Development Research Centre (Canadá), o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, o Institute of Development Studies (Reino Unido), e o Instituto Interamericano de Cooperação Agrícola.
Iniciou sua colaboração com críti...

Leia Mais