0

O segredo – 2006

o_segredo_dvdbr_admin

Aos leitores que já assistiram a este filme, ou aos que pretendem assistir. Não há segredo! Melhor dizendo, há um segredo não revelado. Não explícito. Não pensem que é a famosa Lei de Atração, que segundo a produtora, alguns dos principais líderes, através desse conhecimento, mudaram o rumo da história, como Platão, Da Vinci, Galileu, Beethoven, Lincoln, Einstein entre tantos outros. Para fundamentar essa teoria do sucesso, são apresentados depoimentos de pessoas bem-sucedidas que contam como utilizaram o método para se darem bem em seus trabalhos. O filme ressalta a afirmação do indivíduo sobre o estado e a sociedade, a defesa do indivíduo sobre o coletivo, o conceito ideológico do liberalismo. Mas existem duas leis implícitas para se obter o “sucesso”, descoberta por um dos magos da economia, Marx. Ele denominou Lei da Alienação e Lei da Mais Valia. Como, através dessas leis eu poderia obter sucesso? O filósofo Arthur Meucci traduz a fórmula: primeiro seja dono do seu próprio negócio; você deve ganhar pelo que produz e não outra pessoa. Depois, encontre pessoas que se submetam a você na produção de seus bens, estes serão denominados “empregados”. É necessário que sejam seus “empregados” para que a relação seja “senhor-servo”, ou “senhor-escravo” como diria Hegel. Com está relação estabelecida entra em campo a Lei da Mais Valia. Visto que você domina seu empregado, a idéia é fazer com que essa pessoa produza muito para você e ganhe pouco, oferecendo um salário que, minimamente, a manterá viva, com um mínimo conforto e que ela ainda seja grata por você ter oferecido um emprego para ela. Shhhh!!! Esse é o Segredo do sucesso!!!

 

Dica: Blog do Arthur http://criticafilosofica.wordpress.com

 

FICHA TÉCNICA

Título Original: The Secret

Ano de produção: 2006

País de produção: Austrália

Diretor: Drew Heriot

Produtora Executiva/Criadora: Rhonda Byrne

Duração: 92 minutos

Leave a reply

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>